Negócio Próprio

Garfield Coleção Chroma 2014

quinta-feira, 28 de outubro de 2010


PROMOÇÃO CAFETERIA EM CASA - MONET

1

Participe e concorra a uma Cafeteira Expresso Dolce Gusto.

bit.ly
Promoção Assoalhos Monet. Participe e concorra a uma máquina de café Dulce, da Nestle.


terça-feira, 26 de outubro de 2010


Cicatriz da Cesariana

1
Cicatriz da Cesariana.Junto a expectativa que cerca o nascimento de um bebê, há sempre na mente das mulheres, o pensamento de como ficará seu corpo após o parto e uma das preocupações é a cicatriz da cesariana, quer esta cirurgia esteja ou não planejada previamente.

Mas a maioria das chances é que a cicatriz fique ótima, especialmente após 12 meses do parto.Parte destas cicatrizes, poderão momentaneamente parecer consistentes e altas, como um cordão, mas com adesivos ou cremes de corticóides acrescidos de substâncias como rosa mosqueta, pantenol e alantoina, ou, muitas vezes, mesmo sem nenhuma providência, voltarão ao normal em cerca de um ano.

Algumas mulheres são propensas às cicatrizes alargadas, duras, altas, um tanto exageradas em espessura e consistência, que recebem o nome dequelóides. Eles são uma maneira do organismo de supervalorizar o fechamento da ferida cirúrgica, produzindo excesso de fibras colágena e elásticas .
Nestes casos, tentam-se primeiramente pomadas ou cremes à base de corticóides . Se não houver melhora, faz-se infiltração delicada com agulhas finíssimas de um coquetel de substâncias que fazem com que a cicatriz volte ao normal, mesmo que já haja decorrido muito tempo.
Fonte: lazer beleza

domingo, 24 de outubro de 2010


Acessórios para o verão 2011

0

Assim como as roupas, os acessórios para o verão 2011 também foram grande destaque nos desfiles. Na próxima estação, os acessórios serão maxi, grandes e com bastante volume. As cores serão quentes, as formas assimétricas e aparecem as contas orgânicas, como as sementes, madeiras e argilas.
Os colares e brincos terão versão alongada, feitos com cordas, placas coloridas de acrílico presas em correntes finas. As pedrarias nacionais foram muito utilizadas e prometem ser tendência de acessórios para o verão 2011. Caso as pedrarias, contas orgânicas e colares maxi não agradem muito o seu gosto, invista em colares e brincos puros com brilho dourado ou em metal escuro e opaco com aplicações que podem ser utilizadas em colares arredondados e em pulseiras com “franjas” metálicas.

O cinto fino é um acessório fortíssimo que continuará nesta estação. As cores como o nude e o preto ganham destaque na paleta de cores para o verão. As bolsas aparecem de formas, tamanhos e materiais variados. Franjas, alças com correntes, apliques e detalhes em neon foram muito utilizados nas passarelas. Os tamanhos variam das maxibolsas até as práticas, tipo carteira. Aposte nas cores em tons pastéis, metálicos e nas multicoloridas, tanto nas bolsas como apenas nos detalhes. Afinal, o verão pede sempre cores mais vivas e chamativas.
Fonte: Dicas de Mulher


Limpeza de pele profunda

1
A limpeza de pele profunda pode ser feita em casa, deixa a pele bonita e saudável e ainda diminui os cravos e espinhas

Para ficar livre de impurezas, cravos, espinhas e evitar rugas precoces, fazer uma limpeza de pele profunda ajuda a combater estes problemas e ainda estimula a renovação celular e combate o excesso de oleosidade. O resultado é uma pele mais bonita e com aquele aspecto de saúde.

Nossa pele produz uma secreção natural (o sebo) e se não cuidarmos direitinho todos os dias, ela acaba prejudicada. O acúmulo de impurezas causadas pela poluição e o uso de maquiagem frequente também danifica a pele.

Todos os tipos de pele necessitam de uma limpeza profunda. Mas, assim como cada um deles tem suas características específicas, os cuidados devem ser diferentes e para fazer a limpeza, existe um tempo certo.


A pele oleosa é a que necessita de cuidados redobrados e precisa de uma limpeza caprichada a cada 20 ou 30 dias. Já a pele seca e pele mista, ganham um intervalo maior de tempo entre uma limpeza de pele e outra.

Nos salões de beleza e centros de estética não faltam opções, mas o bom é que essa “faxina” na pele também pode ser feita em casa. As receitas caseiras de limpeza de pele dão ótimos resultados.

A exceção são os casos de acne, principalmente se for muito intensa. O ideal é recorrer a uma limpeza de pele profunda feita por especialistas para não correr riscos de ficar com o rosto infeccionado e com cicatrizes.

Limpeza de pele profunda caseira – Aprenda passo a passo

Dicas


- Não é aconselhável fazer a limpeza de pele profunda no mesmo dia em que clareou ou depilou o buço e nem depois de tomar sol.

- Fazer a limpeza de pele profunda é bom, mas sem exageros. Não adianta ficar repetindo o processo para potencializar os resultados. Siga o tempo determinado de acordo com o seu tipo de pele e não descuide da hidratação, sempre usando produtos específicos.

- Escolha um bom demaquilante, tire a maquiagem e lave bem o rosto antes de dormir. Todos os dias.

- A tentação é grande, mas não esprema cravos e espinhas.

- Em caso de dúvidas e problemas na pele, procure um dermatologista.

Fonte: Dicas de Mulher

segunda-feira, 4 de outubro de 2010


No Outubro Rosa, tire 13 dúvidas sobre câncer de mama

0
O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres. O Instituto Nacional de Câncer (Inca) estima 49.240 novos casos para 2010. No mês mundial de conscientização sobre a doença, tire 13 dúvidas sobre ela, com explicações dos seguintes profissionais do Inca: Fábio Gomes, nutricionista da Área de Alimentação, Nutrição e Câncer; Jeane Glaucia Tomazelli, técnica da Divisão de Atenção Oncológica; e Carlos Federico Lima, vice-diretor do Hospital do Câncer III (unidade do instituto responsável pelo tratamento do câncer de mama).
Vale lembrar que o Outubro Rosa, movimento mundial de mobilização de prevenção da patologia, começa nesta terça-feira (5 de outubro), com a iluminação de rosa do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro. O evento é promovido pela Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama).

1 - O que causa o câncer de mama?

Na maioria dos casos de câncer de mama, não há uma causa específica. Há alguns fatores que estão associados ao aumento do risco de desenvolver a doença. A própria idade é um deles, pois a chance aumenta na medida em que se envelhece. Menarca precoce, menopausa tardia, nuliparidade (não ter filhos), primeiro filho em idade avançada, não amamentação e uso de terapia de reposição hormonal são fatores associados ao risco. Consumo excessivo de álcool, obesidade na pós-menopausa e sedentarismo também. Os fatores hereditários são responsáveis por menos de 10% dos cânceres de mama. O risco é maior quando os parentes acometidos são de primeiro grau (pai, mãe, irmãos, filhos).

2 - Atinge homens em que proporção?

O câncer de mama em homens é raro. Estima-se que, do total de casos da doença, apenas 0,8% a 1% ocorram em pessoas do sexo masculino.

3 - Existe algum sintoma além de caroço no seio?

A forma mais habitual é o aparecimento de nódulo, geralmente indolor. Outros sinais e sintomas menos frequentes são edemas semelhantes à casca de laranja, irritação ou irregularidades na pele, dor, inversão ou descamação no mamilo e descarga papilar (saída de secreção pelo mamilo). Podem também surgir nódulos palpáveis na axila.

4 - É sempre possível notar a doença por meio do toque nos seios?

Não, a patologia tem uma fase em que as lesões são do tipo não-palpáveis. Por isso, é importante a realização de exames de imagem na faixa etária de maior risco.

5 - Segundo o Inca, o autoexame não é estimulado como medida de detecção. Por quê?

Considerando as evidências atualmente disponíveis, não se pode recomendar ou fomentar o ensino do autoexame como método de rastreamento. Também não foi evidenciada diminuição da mortalidade por câncer de mama com o uso do autoexame. Entretanto, o Inca destaca a importância de que a mulher esteja atenta ao seu corpo e à saúde das mamas. A recomendação é que, diante da observação de qualquer alteração ou mudança nas mamas, busque imediatamente a avaliação de um médico.

6 - Prótese de silicone nos seios pode levar à doença?

Não há evidência científica de que exista associação entre implantes mamários de silicone e o risco de desenvolvimento de câncer de mama.

7 - Como é o tratamento de câncer de mama?

O tratamento é multidisciplinar, ou seja, deve incluir a opinião de vários especialistas médicos, como o mastologista, o radiologista, o oncologista clínico, o radioterapeuta, assim como enfermeira especializada, psicóloga, fisioterapeuta e assistente social. Habitualmente, o tratamento pede cirurgia e é complementado pela radioterapia e quimioterapia/hormonioterapia.

8 - Quais são as chances de cura de câncer de mama?

Quando diagnosticado precocemente, há até 95% de chance de cura. Por isso, é importante que toda mulher de 50 a 69 anos faça mamografia a cada dois anos.

9 - Quais mudanças de hábito podem diminuir a chance de desenvolver câncer de mama?

Mudar estilo de vida pode reduzir 28% dos casos de câncer de mama. A ingestão excessiva de álcool aumenta as chances de ter câncer de mama porque altera os níveis hormonais, como o do estrogênio (toda mulher o produz, mas existe uma atuação importante dele no desencadeamento da patologia). Caso tenha células precursoras de câncer, essas taxas elevadas podem favorecer a multiplicação delas. Se o consumo de bebidas alcoólicas fosse moderado, com no máximo um drinque por dia (uma lata de cerveja, um cálice de vinho, uma dose de bebida destilada), reduziria em 6% a incidência.
O excesso de peso precisa ser eliminado, porque significa alteração nos níveis hormonais. Além disso, quando as células de gordura estão repletas, liberam fatores pró-inflamatórios. É como se a pessoa estivesse em um processo de inflamação generalizada, o que a torna mais vulnerável a fatores cancerígenos. O recomendado é que o índice de massa corporal não ultrapasse 25, prevenindo 14% dos diagnósticos.
Deixar de lado o sedentarismo queima as gorduras e equilibra os hormônios. Mas tem de ser em ritmo moderado, como uma caminhada mais acelerada, e por, no mínimo, 30 minutos diários. Com o tempo, a dica é tentar aumentar a intensidade ou estender o período. A medida isolada pode diminuir em 11% os casos de câncer de mama.

10 - Quais alimentos ajudam a prevenir a doença?

Os de origem vegetal: frutas, legumes, verduras e leguminosas (como feijão, lentilha, grão-de-bico). Têm o poder de inibir a chegada de compostos cancerígenos às células e, ainda, consertar o DNA danificado quando a agressão já começou. Se a célula foi alterada e não foi possível consertar o DNA, alguns compostos promovem a morte delas, interrompendo a multiplicação desordenada.
A ideia de que determinado alimento é bom para tal tipo de câncer não se aplica. Tem de haver sinergismo entre os compostos, o que ajuda em todos os tipos da doença. Por isso, é importante variar a alimentação ao máximo. A recomendação é consumir, no mínimo, 400g por dia de vegetais, sendo 2/5 de frutas e 3/5 de legumes e verduras. Cada porção equivale a uma quantia que caiba na palma da sua mão, do produto picado ou inteiro, totalizando 80g

11 - O que não se deve comer para ajudar na prevenção?

Entre os alimentos prejudiciais estão os embutidos, que apresentam grande quantidade de sal, nitritos e nitratos. Os conservantes em contato com o suco digestivo do estômago se transformam em compostos cancerígenos. Evite ao máximo comê-los, mas o ideal é que não sejam consumidos.
Limite carne vermelha a 50g semanais. A forma de preparo dos alimentos, especialmente das carnes (de qualquer tipo), pode influenciar. Os feitos na chapa ou fritos trazem malefícios, porque a exposição a altas temperaturas também atua na formação de compostos cancerígenos. Prefira levá-los ao forno ou usá-los em ensopados. Se quiser grelhar, opte pelo pré-cozimento. O churrasco também eleva os riscos. Além da temperatura alta, a fumaça do carvão tem dois componentes cancerígenos (alcatrão e hidrocarboneto policíclico aromático), que impregnam na refeição.

12 - Qual é a importância da amamentação?

Amamentar diminui entre 10% e 20% os riscos de a mãe ter a doença. Enquanto o bebê suga o leite, o movimento promove uma espécie de esfoliação do tecido mamário por dentro. Assim, se houver células agredidas, são eliminadas e renovadas. Quando termina a lactação, várias células se autodestroem, entre elas algumas que poderiam ter lesões no material genético. Outro benefício é que as taxas do hormônio feminino estrogênio caem durante o período de aleitamento.

13 - Pílula anticoncepcional aumenta o risco da doença?

Existem estudos que demonstram fraca relação de causalidade entre pílula anticoncepcional e risco da doença, enquanto outros demonstram alguma relação.

PATRICIA ZWIPP

Especial para Terra

wibiya widget

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vila Mulher

Blog VilaMulher
O Portal da Mulher